segunda-feira, 10 de maio de 2010

Auvergnats
























Ingredientes:
20 g de fermento de padeiro fresco ou 5 colheres de café de fermento de padeiro instantâneo
500 g de farinha T65
300 ml de água
1,5 colher de café de sal

1. Introduza os ingredientes pela ordem indicada na cuba da máquina.
2. Inicie o programa de amassar e levedar.
3. Uma vez terminado o programa, verifique se o volume da massa realmente duplicou ou triplicou, se não, prolongue a levedura da massa com a máquina desligada.
4. Coloque a massa sobra uma bancada, previamente enfarinhada, e divida-a em 4 pedaços: 2 pedaços de 360 g e outros 2 com 40 g.
5. Dê-lhes rapidamente a forma de uma bola.
6. Cubra-os com um pano de cozinha húmido e deixe-os repousar durante 15 minutos.
7. Findo o tempo, molde cada pedaço de massa numa bola bastante regular. Transfira as duas maiores para um tabuleiro de ir ao forno.
8. Aplane, com o rolo, os pedaços de massa mais pequenos para obter discos de 10 cm de diâmetro.
9. Unte as bordas dos discos com o indicador.
10. Volte os discos para que as bordas oleadas fiquem viradas para baixo, e pouse cada um sobre uma bola de massa.
11. Deixe levedar durante 50 minutos à temperatura ambiente (20ºC) debaixo de um pano húmido.
12. Coloque um tabuleiro de alumínio vazio no forno (na parte debaixo do forno) e pré aqueça o forno a 240ºC.
13. Depois dos 50 minutos passarem, coloque o tabuleiro com o pão no forno e despeje um pequeno copo de água (50 ml) no tabuleiro vazio (para criar vapor) e deixe cozer durante 15 minutos.
14. Deixe arrefecer sobre uma grelha.























Nota: Que delícia de pão!!!!! Fantástico mesmo!!!! Adorei... segui a receita à risca! Não inventei nadinha, quer dizer, substituí o fermento de padeiro instantâneo por fermento de padeiro fresco =D Mas foi só!
Respeitei todos os tempos de levedura. Inclusive a ordem em que os ingredientes foram colocados na máquina... geralmente pedem para colocar os líquidos primeiro na cuba e aqui foi ao contrário.
Precisei de 3 horas para fazer dois pãezinhos!!! lol mas valeu a pena... já fiz esta receita mais do que um vez... e garanto que vale a pena.
Esta receita vem do livro Atelier do Pão... é um livro fantástico... contudo encontrar as farinhas que lá pedem é que é muito difícil!! Esta receita é das poucas em que se usa a farinha T65...
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo

13 comentários:

a Trofa tem cozinheira disse...

Que pão tão engraçado.....!!!! A serio!
Mto engraçado!!! Gostei da parte de cima!!! Ta mto giro! A Textura interior tb parece divinal.... agora percebo a "corrida" AS FARINHAS!!! Deixa ver se ainda hoje conseguo a T130!!! a outra anda dificil...mas a gente vai conseguir!!!! lol

beijokas....


PS: n esquecas de me enviar "aquilo" PLEASE!!!! LOL Aqui chove...nem dá gosto!!! LOL

moranguita disse...

que bonito pao ju.
e diferente do habitual o modo de o apresentar e esta incrivel
na verdade e dificil achar as farinahs mas vais conseguir
beijinhos

sabor e saberes disse...

Mas que bonitos ficaram os paes. Bjs

Carina disse...

Mas que belo pão!!!!!!!
Ai ai que fiquei com fomeca... lol

Beijocas :)

R.correia disse...

que bom aspecto este pao....
bjs e boa semana

Bombom disse...

Achei esta receita muito interessante. E gostei do aspecto da "tampa" por cima!Tomei nota da receita e espero comprovar em breve. Bjs.Bombom

Pratos da Bela disse...

Já estive para fazer, mas as farinhas são dificeis de encontrar como diz a nossa Bombokita, mas que esse livro tem receitas fantásticas isso tem. e a autora é muito simpática, pois já a contactei.
Quanto ao teu pão estyá fenomenal
PARABÉNS

Federica disse...

complimenti! deve essere buonissimo!

Missy disse...

ficou tão engraçado, realmente !
tenho que experimentar, j+a há muito tempo que não faço nada com a MFP.

bjka

ameixa seca disse...

Não conhecia mas ficaram uns pães super giros e diferentes :)

Fátima disse...

Adoro comer e fazer pão, e esse é novidade pra mim.Adorei!

Moira disse...

Ficaram tão giros! vou experimentar essa técnica do disco, parecem pequenos cogumelos :)

Cristina disse...

Estão o máximo, esses pãezinhos! O interior então... perfeito, parece bem leve :)