segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Bolo de Kiwi

9 comentários





Ingredientes
4 ovos
250 g açúcar
150 ml óleo
250 g kiwi (cerca de 4 kiwis)
250 g de farinha com fermento
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio

1. Ligue o forno a 180ºC.
2. Bata os ovos com o açúcar até a massa ficar esbranquiçada e aumentar o volume (cerca 1 min).
3. Descasque os kiwis, corte-os em 4 e coloque-os na trituradora juntamente com o óleo e desfaça tudo.
4. Junte o preparado do kiwi ao dos ovos.
5. Adicione a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio e envolva bem.
6. Verta o preparado numa forma de chaminé, previamente untada e enfarinhada, e leve ao forno +/- 35 minutos (verifique com o palito).


Nota: A minha irmã deu-me muitos kiwis... mas eu não aprecio nada kiwis... aqueles que o xuxu não comeu estavam para irem para o lixo porque já estavam demasiado maduros e foi então que fui procurar receitas... encontrei esta no blogue da Ratolinha.
Excelente surpresa... o bolo é muito BOM! Eu não achei que soubesse a kiwi... mas dá-lhe sem dúvida uma certa humidade que impede que seja daqueles bolos secos! É rápido de fazer... é mais rápido a cozer... e é tão fofinho!!! E as sementes misturadas na massa, quase que parecem sementes de papoila!! Lindo! 
Gostei mesmo muito desta receita!  

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Açorda de Queijo

6 comentários







Ingredientes:

Massa:
400 g de farinha
20 g fermento de padeiro
1 colher de sopa de azeite
Sal fino q.b.
Água morna q.b.

Recheio:
3 embalagens de queijo ralado (usei mozzarella, emental e queijo da ilha)
2 fatias de bacon com cerca de 5 mm (não use bacon já em cubos)
200 ml bechamel
200 ml natas com matéria gorda MG 35% (Gresso e Mimosa têm)

Massa:
1. Dissolva o fermento num pouco de água morna.
2. Numa taça, misture a farinha, o fermento dissolvido, o azeite e o sal.
3. Vá adicionando água à medida que for precisando, você procura uma massa fácil de trabalhar sem colar às mãos.
4. Amasse bem, faça uma bola, coloque na taça e deixe num lugar quentinho a levedar.
Recheio:
5. Retire a "capa" do bacon, corte as fatias em cubinhos bem pequeninos e leve-os a fritar na própria gordura.
6. Numa taça, adicione os queijos ralados, o bechamel, as natas, o bacon frito e envolva bem.
Montagem:
7. Ligue o forno a 200ºC.
8. Amasse a massa levedada e espalme-a como se tivesse a fazer uma base de uma pizza, mas não muito fina!!
9. Coloque o recheio no centro, e feche bem a massa!
10. Leve ao forno cerca de 30 minutos, quando pronto, abra uma cavidade na massa e delicie-se com esta maravilha!!












Nota: Eu sei, é uma bomba calórica... mas a vida são só 2 dias... hoje comemos e amanhã estamos de dieta... Ok?
Ora a história desta receita... fui a um aniversário numa pizzaria aqui da zona, onde o casal aniversariante (Bruno e Carla) pede para trazer de entradas: "açorda de queijo". 
O meu primeiro pensamento foi: «-Quê??! Açorda?! Nãooooooo!!!!!!» - já estava eu a imaginar as açordas alentejanas... que eu nunca provei... mas elas não me apelam nadinha... pelo contrário... repelem! 
E eis que ela (a açorda) vem para a mesa e os meus olhos pensam «uauu»... Depois provo «Que bommmmm que é!!!»
Pesquisei logo na net, e encontrei um blog Outras Comidas, onde já tinha feito a receita dentro de uma carcaça de pão... bem, retirei a receita do recheio e as dicas e decidi experimentar, fazendo a massa de pão/pizza.
Fiz para o aniversário da minha mãe/irmã, depois no natal, depois num jantar de amigos, depois num jantar de família... hehehe é simplesmente maravilhosa! 
O meu único conselho: se decidir fazer disto entrada, faça um jantar bem mais leve... porque enche muitoooooo! É que uma pessoa não consegue parar!! É viciante! TOPPPPPPP!  

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Chocolate Quente

8 comentários















Ingredientes:
2 colheres de sopa de chocolate em pó (para o leite)
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de amido de milho
1 chávena de leite (entre 200 a 240 ml)

1. No copo da varinha mágica, junte todos os ingredientes e misture bem.
2. Verta para um tachinho, leve ao lume mexendo sempre.
3. Quando engrossar, desligue, verta para uma chávena.
4. Vá para o sofazinho, embrulhe-se na mantinha e aproveite bem o seu chocolate quente enquando observa chuva na rua =D















Nota: ADOROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!
Andava desejosa... Lembro-me de ter trabalhado num bar onde o chocolate quente era maravilhoso, espesso... o ingrediente secreto era.... amido de milho... 
Detesto ir a um café ou bar e pedir um chcolate quente e ser servida com "leite com chocolate"... tipo, devem abrir um ucal, aquecem-no e depois dizem que é chocolate quente!!! grrr
Tenho estado gripada... e em vez de chazinho tenho feito chocolate quente... hihihi assim ninguém me ralha... afinal estou doentinha.... =D