terça-feira, 31 de maio de 2011

Antipasto

7 comentários


























«Antipasto significa "antes da refeição" e é o primeiro prato tradicional de uma refeição formal italiana.
O antipasto tradicional inclui presuntos, azeitonas, alho assado, peperoncini, cogumelos, anchovas, corações de alcachofra, queijos diversos (como provolone ou mussarela) e peperone. O antipasto é geralmente regado com azeite.
Muitos comparam antipasto a "hors d'oeuvre" (aperitivos), mas o antepasto é servido na mesa e significa o início oficial da refeição italiana.
»




























Nota: Seja ou não considerado um prato que inícia as refeições italianas... para mim é uma entrada que não tem, necessariamente, uma lista obrigatória de ingredientes a seguir... cada um usa o que bem lhe apetecer cumprindo, no mínimo, alguns dos ingredientes do que é o verdadeiro antipasto italiano.
Como podem ver, não é preciso uma pessoa aborrecer-me muito com o que servir ao convidados!! Quanto mais simples melhor!
Utilizei o antipasto para entrada de um jantar entre 5 amigos... quando de facto coloquei o comer à frente da mesa... já se estavam todos a queixar que tinham a barriga cheia!!!
É óptimo para estar a petiscar e ao mesmo tempo a conviver, a rir e a "gargalhar".

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Charlotte de Morango

19 comentários


























Ingredientes

Base:
250 g de bolacha de aveia
125 g de margarina
1 ovo
Canudos de chocolate q.b. (pode usar o que quiser)

Recheio Rosa:
4 folhas de gelatina vermelha
200 ml de natas
1/2 lata de leite condensado
150 g de morangos

Recheio Branco:
4 folhas de gelatina incolor
200 ml de natas
1/2 lata de leite condensado

Cobertura:
350 g de morangos
1 saqueta de brilho de cobertura
4 colheres de sopa de açúcar
10 cl de água



























Base:
1. Aqueça o forno a 180 ºC.
2. Na picadora, triture as bolachas, a margarina e o ovo.
3. Espalhe este "paté" no fundo de uma forma, de aro amovível, e leve ao forno durante 15 min.
4. Deixe arrefecer completamente.
5. Forre os lados da forma com os canudos de chocolate.

Cobertura Rosa:
6. Coloque as folhas de gelatina vermelha em água fria.
7. Na trituradora, triture as natas, o leite condensado e os morangos.
8. Escorra e esprema as folhas de gelatina e leve-as ao microondas, com umas 3 colheres de sopa do preparado anterior, apenas alguns segundos até que as folhas se derretam. Adicione-as ao resto do creme e envolva bem.
9. Antes de verter o creme para a forma, deixe solidificar um pouco... até ficar um pouco espesso... nem que solidifique mais e depois você tenha que usar a batedeira para o creme voltar a ficar líquido mas muito espesso (não se preocupe que ele volta a solidificar)... isto porquê? - Porque se você colocar o creme muito líquido na forma... ele vai escorrer entre as juntas dos canudos de chocolate!
10. No fim de colocar a camada rosa na forma deixe-a solidificar complemente.

Cobertura Branca:
11. Coloque as folhas de gelatina em água fria.
12. Na trituradora, misture as natas e o leite condensado.
13. Escorra e esprema as folhas de gelatina e leve-as ao microondas, com umas 3 colheres de sopa do preparado anterior, apenas alguns segundos até que as folhas se derretam. Adicione-as ao resto do creme e envolva bem.
14. Antes de verter o creme para a forma, deixe solidificar um pouco... até ficar um pouco espesso... nem que solidifique mais e depois você tenha que usar a batedeira para o creme voltar a ficar líquido mas muito espesso (não se preocupe que ele volta a solidificar)... isto porquê? - Porque se você colocar o creme muito líquido na forma... ele vai escorrer entre as juntas dos canudos de chocolate!
15. No fim de colocar a camada branca na forma deixe-a solidificar completamente.

Cobertura:
16. Lave e deixe escorrer os morangos, corte-os em rodelas.
17. Espalhe os morangos sobre a camada branca.
18. Num tachito, misture o interior da saqueta de brilho para cobertura com 4 colheres de sopa de açúcar. Misture 10 cl de água e leve ao lume até começar a ferver!!
19. Deixe arrefecer uns 3 ou 4 minutos e, com a ajuda de um pincel, pincele e espalhe a cobertura brilhante sobre os morangos.
20. Leve ao frigorífico até a altura de servir!!




























Nota: Tanta coisa escrita e quase faz parecer que é um doce complicado de fazer!!! Mas não é!!!
A receita vem do blogue As Receitas da Patanisca, que foi dos primeiros blogues que encontrei quando comecei a navegar na blogosfera!!!
A receita é de 2008 mas eu nunca me esqueci dela!! Aproveitei a oportunidade da minha cunhada fazer anos e levei-a!!!
Sem dúvida que o aspecto é deslumbrante!! O interior também é muito bom!
Mas como as minhas folhas de gelatina eram das pequenas eu achei que devia pôr o dobro... ou seja, 4 folhas de gelatina normais e eu coloquei 8 folhas de gelatina pequenas!!! LOOOOLL
Óbvio que ficou demasiado solidificado!! =( Mas para a próxima já sei!!!!

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Projecto 3D

1 comentários





No fim de encontrar aquela foto que fez os meus olhos brilharem e a minha imaginação voar... tratei logo de arranjar um programa em 3D para eu conseguir visualizar a minha cozinha à medida que a ia fazendo!
É claro que os projectos 3D profissionais são mil vezes melhores!!!! =D
Mas... para desenrascar É MUITO BOM!
É preciso fazer download dos programas e perceber um pouco ou de inglês ou de alemão! Penso que apenas o do Ikea é em português... mas este é o mais "limitado" em termos de variedade de material...

Pode encontrar estes programas aqui:

Ikea - clicar onde diz "início"
Alno - clicar onde diz "accept"
Noblessa
Nolte - clicar onde diz "star" - escolher a cozinha

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Catálogos de Cozinhas

11 comentários
A minha ausência deve-se às imensas coisas que tenho entre mãos... ao meu cansaço... e à minha falta de vontade de reinventar novos pratos...
Como já disse aqui algumas vezes... estou a construir casa e há muita coisa para ver, muito sitio para ir, muita coisa para decidir, escolher etc...
E ontem lembrei-me de partilhar algumas coisitas com vocês...
Talvez a troca de informações e experiência me (vos) ajude...
Pelo menos a parte da cozinha... cozinha, comer... tem tudo a haver com o tema do blogue portanto!!

Vamos começar do inicio (já passei esta fase!!!)
Todas as pessoas são diferentes... há pessoas que vão às casas de cozinhas pedir orçamentos e nem sabem o que querem... esperam que sejam os vendedores/profissionais que os aconselhem, lhes dêem ideias, sugestões, mostrem trabalhos feitos, mostrem desenhos 3D, etc...

Eu não sou assim... eu preferi gastar HORAS até encontrar algo que me inspirasse... preferi fazer os meus desenhos e levar tudo prontinho ao centímetro... ao pormenor!
Afinal a cozinha acaba por ser dos espaços da casa onde passamos mais tempo (especialmente nós blogueiras de culinária) é um investimento grande por isso eu penso que tem de estar à medida dos nossos sonhos (e da nossa carteira claro!)


























Vocês podem pedir catálogos online de grandes marcas alemãs só para verem o que se está a usar, novos sistemas, cores, etc!!
Eu pedi e eles enviam GRÁTIS!!!!!

- Nolte clicar onde diz «catalogue» preencher os nossos dados e já está.
- Liecht preencher com os dados e solicitar um catálogo
- Alno apenas preencher com os dados
- Noblessa preencher com os dados e solicitar um catálogo
- Caras Decoração Edição Especial Cozinhas à venda nas bancas ou pode solicitar ligando para eles (808208020) e eles enviam ao domicilio.
- Ikea tem de o pedir na loja
- Houzz apenas online

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Folar de Vouzela

15 comentários

























Receita original:

Ingredientes:
500 g de farinha de trigo
40 g fermento de padeiro
1 chávena de chá de leite morno
3 ovos
80 g de açúcar (usei 150 g)
1 colher de café de sal fino
75 g de manteiga liquida
1 limão (raspa)
1 gema + 1 colher de sopa de água
Açúcar granulado e manteiga liquida q.b.

1. Das 500 g de farinha, retire cerca de 150 g para um pequeno recipiente e junte-lhe o fermento esfarelado... amasse adicionando o leite morno suficiente até formar uma bola com consistência parecida à massa do pão. Deixe levedar.
2. Noutra taça, misture os ovos, a manteiga, a raspa e o açúcar e bata até estar tudo muito bem homogéneo.
3. Adicione o fermente já lêvedo, amasse bem, e logo de seguida adicione a restante farinha. Amasse tudo muito bem, batendo bem a massa. Se estiver muito mole pode juntar um pouco de farinha, mas não muito porque a massa tem de ser muito bem batida e é assim que vai enxaguando até se deslocar do alguidar.
4. Faça uma bola mole com a massa, cubra-a com um pano ou cobertor, e deixe-a levedar algumas horas num local aquecido, até ter crescido para o dobro.
5. Retire a massa, polvilhe-a com farinha e amasse durante 30 segundos. Depois divida a massa em duas partes iguais e faça um bola com cada uma das partes.
6. "Puxe" cada bola nas pontas e espalme-a no meio (como na fotografia).
7. Barre-a com manteiga liquida na parte espalmada e polvilhe com açúcar granulado.
8. Dobre e enrole a massa de forma a fechar a parte recheada, depois puxe a pontas dando-lhe o feitio de ferradura (como na fotografia).
9. Coloque os folares em tabuleiros polvilhados com farinha e deixe levedar mais um pouco.
10. Findo esse tempo, pincele os folares com a gema batida na água e polvilhe com açúcar granulado.
11. Leve ao forno bastante quente durante 30 a 40 minutos (apenas precisei de 25 minutos).






























Receita adaptada à MFP
Ingredientes:
500 g de farinha de trigo
35 g fermento de padeiro
125 ml de leite morno
3 ovos
150 g de açúcar
1 colher de café de sal fino
75 g de manteiga liquida
1 limão (raspa)
1 gema + 1 colher de sopa de água
Açúcar granulado e manteiga liquida q.b.

1. Na cuba da máquina adicione os seguintes ingredientes: o leite, os ovos, a manteiga, o açúcar, o sal, a farinha, o fermento e a raspa e programe a máquina para amassar e levedar (1h30).
2. Retire a massa, polvilhe-a com farinha e amasse durante 30 segundos. Depois divida a massa em duas partes iguais e faça um bola com cada uma das partes.
6. "Puxe" cada bola nas pontas e espalme-a no meio (como na fotografia).
7. Barre-a com manteiga liquida na parte espalmada e polvilhe com açúcar granulado.
8. Dobre e enrole a massa de forma a fechar a parte recheada, depois puxe a pontas dando-lhe o feitio de ferradura.
9. Coloque os folares em tabuleiros polvilhados com farinha e deixe levedar mais um pouco, cerca de 30 minutos.
10. Findo esse tempo, pincele os folares com a gema batida na água e polvilhe com açúcar granulado.
11. Leve ao forno bastante quente durante 30 a 40 minutos (apenas precisei de 25 minutos).





























Nota: É certo que a Páscoa já passou... mas eu não tive tempo que publicar antes.
Esta é outra receita daquele minha revista Doces e Pecados de 1998. Apesar de eu ter usado a MFP, não prestei atenção à receita original pelo que utilizei a chávena de leite inteira (cerca de 250ml) e a minha massa ficou muito líquida... portanto, utilizem apenas 125 ml de leite... que foi a mesma quantidade que utilizei no folar da Bairrada e correu muito bem!!
De 80 g de açúcar passei para 150 g mas não pensem que ficou muito doce!! Para mim ficou no ponto!!
Num dos folares para alem da manteiga e açúcar usei um pouco de canela... o que ficou uma delicia!!!!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Lasanha de Peru e Cogumelos

13 comentários



























Ingredientes:
800 g de peito de peru picado ou cortado em cubos muito pequenos

300 g de cogumelos
500 ml de bechamel
250 g de molho de tomate para bolonhesa
1 copo de vinho branco
1 cebola
100 g de bacon aos cubos
2 dentes de alho
1 folha louro
300 g a 400 g de queijo ralado
Azeite q.b.
Folhas de lasanha q.b.

1. Tempere carne com sal (eu optei por cortar a carne em cubos muito pequenos).
2. Pique a cebola e os alhos e refogue-os no azeite juntamente com o louro partido.
3. Quando começar a lourar, adicione o bacon, os cogumelos e o molho de tomate.
4. Junte a carne e o vinho... e deixe cozinhar durante uns 15 a 20 minutos.
5. Num tabuleiro de ir ao forno, coloque uma camada de carne e cogumelos (sem molho), uma camada de folhas de lasanha (eu dou uma pré cozedura mesmo que a embalagem diga que não precise) depois uma camada de bechamel e por fim uma valente camada de queijo ralado, volte a repetir o processo: carne + massa + bechamel + muito queijo.
6. Leve ao forno. Como eu dou pré cozedura na massa apenas preciso de 20 minutos... senão optar por não dar vai precisar de uns 40 minutos.






























Nota: A ideia veio da revista Segredos de cozinha... mas a inspiração veio da minha melhor amiga Sofia. Num outro dia convidei-a para ir jantar lasanha a minha casa, só nós a duas, e era suposto fazermos a duas a fazer o jantar... Fiquei admirada porque nunca imaginei que ela soubesse fazer lasanha (nem lasanha nem prato nenhum)... e ela entrou na minha casa e tomou as rédeas da minha cozinha!! Eu, basicamente, só fiz a sangria... e observava-a a preparar o nosso jantar... e fiquei surpresa com a opção de adicionar molho de tomate, mas daqueles frascos de molho de tomate específicos para pratos italianos! E devo confessar que não só gostei da ideia como de facto atribuiu um sabor maravilhoso à lasanha. Para além disso a Sofia, ou contrário de mim, usa e abusa dos ingredientes!! Isto é... muito bechamel e muitooooo queijo ralado!!! Pensei eu que tinha muito a ensinar a esta moçoila (esta e à outra que está em Londres) e acabei por ser ensinada!! LOL =D
Sendo assim, estava a folhear a revista Segredos de Cozinha onde estava lá esta lasanha... apenas aproveitei a ideia e decidir sair da minha zona de conforto e abusar da minha lasanha de peru... isto é... tomate, muito bechamel e muitooooo queijo!!!
Ficou FANTÁSTICA só podia!!!!! Era só fios de queijo pendurados no garfo, no prato... lol
Eu opto sempre por pré cozer a massa de lasanha, mesmo que a embalagem diga que não é necessário, por três razões... porque não gosto de massa mal cozida, porque assim posso fazer camadas duplas e porque leva metade do tempo no forno!